Para Refletirmos

O pensamento comunista me trás sentimentos de profundo amor. É como as gotas de chuva para as plantas depois de um longo período de estiagem: vem para purificar e dar lugar a nova estação.

Miriam Pacheco S. Seixas

terça-feira, 28 de junho de 2011

Assembléia dos profissionais da Educação de Ribeirão das Neves

Os profissionais da Educação do município de Ribeirão das Neves, aguardam desde o dia 30 de março/2011 a negociação com o a atual administração municipal. Este ano a categoria resolveu, diferente de outros anos, apresentar uma pauta de negociação bem 'enxuta', devido a falta de compromisso dessa administração em negociar com os educadores que, desde o ano de 2009, apresentavam uma pauta de negociação mais extensa, este ano resolveu fazer diferente, no intuito de alcançar melhor resultado.

Os profissionais de educação, vem lutando por um salário digno (visto que na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Neves é o município que paga o pior salário aos profissionais de educação),  mas a inerte administração do senhor prefeito Wallace Ventura, nem mesmo consegue negociar com a categoria uma pauta 'enxuta'.

Essa administração, assim como nos anos de 2009 e 2010 pediu aos professores que lhes creditassem mais um voto de confiança. A categoria, cansada de creditar confiança a uma administração inerte,  resolveu permanecer em greve. 

Manter uma greve não é algo fácil, e é contando com isso, que essa administração tem protelado as negociações, com a intenção de cansar o movimento de greve. Mas o cansaço dos educadores agora não é em manter a greve, pois sabemos bem a greve só acontece por que todos os outros recursos falharam. Os educadores estão cansados de esperar dessa prefeitura uma mudança de postura, cansados de esperar que os governantes dessa cidade pensem numa educação de qualidade, ao invés de pensar em barganhar com o Estado a construção de presídios no município.
Bem sabemos que não é por falta de verba que não se paga um salário digno ao educador em Neves, mas sim, por falta de interesse e, sabe-se lá quais outros motivos.

Reproduzo abaixo, os videos da última assembléia dos profissionais de educação de Ribeirão das Neves.




Nenhum comentário:

Postar um comentário