Para Refletirmos

O pensamento comunista me trás sentimentos de profundo amor. É como as gotas de chuva para as plantas depois de um longo período de estiagem: vem para purificar e dar lugar a nova estação.

Miriam Pacheco S. Seixas

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Vinte anos e a Praça ainda é a mesma - Palanque para discursos divergentes.

Por Míriam Pacheco da Silva Seixas

Como coloquei a reportagem na integra, e não querendo que ficasse de extensa e massante leitura. Resolvi fazer outra postagem para analisar o assunto em pauta.

Vinte anos se passaram e ainda vemos os mesmos tipos de disputa discursiva do mundo capitalista, que quer tentar provar o fracasso do socialismo. Não creio numa culpa socialista, antes creio no fomentador de tal fato: o capitalismo.

Sim é nosso sistema neoliberal que vem a espalhar a discórdia, com sua visão ambiciosa e capitalista que faz com que homens queiram mais o TER do que o SER.

Mas não escreverei nenhuma opinião acerca uma vez que posso citar uma fonte da qual também faço parte. Para quem interessa o assunto socialismo veja o texto: AS ELEIÇÕES DE 2010 E O SOCIALISMO DO SÉCULO XXI, publicado em: 30/05/09 - sábado passado(http://www.observadoressociais.blogspot.com/) e, - cujo autor é meu parceiro de causa e esposo.

Deste pensamento tenho convicção, porém a reportagem, faz jus ao papel de 'indignação' sobre o dia 04 de junho que não poderia passar fora das questões que regem o mundo capitalista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário